fbpx

Emitindo passagens em Executiva para os EUA e República Dominicana – Leitor de Primeira

Leitor de Primeira Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Hoje no quadro #LeitorDePrimeira vamos compartilhar mais um relato do nosso leitor Leonardo, que planejou uma viagem aos EUA e República Dominicana com sua filha utilizando pontos e milhas!

Leitor de Primeira Nova York Ultra


Relato de Primeira

Olá, amigos do PP. Aqui estou eu novamente para narrar outra emissão que consegui graças aos ensinamentos deste site maravilhoso. Desta vez ainda mais vantajosa graças ao conteúdo que vocês nos trazem diariamente e o combo de milhas do TAP Miles&Go, Smiles e ALL.

Em novembro, durante a Black Friday, fiz algumas compras de equipamentos nos EUA (pela internet), com entrega em um endereço nos EUA. Então tinha necessidade de ir para lá buscar tais produtos. Além disso, desde o início de 2020, não tirava férias com minha filha, então aproveitei para colocar os EUA em nossos planos depois da notícia da reabertura das fronteiras.

Emissão com milhas do TAP Miles&G0

A preferência obvia para os EUA era voar com a Star Alliance, já que a tabela dele é fixa em 100.000 milhas ida e volta para América do Norte em classe executiva (Confira o guia completo aqui)

Como o site da United mudou seu mecanismo de busca para passagens disponíveis a Star Alliance, utilizei o site da ANA conforme tutorial aqui do site.

Desde a notícia da reabertura das fronteiras americanas a disponibilidade estava quase inexistente. Minha preferência era ir pela United na Polaris, mas depois de semanas de busca, não consegui achar disponibilidade. Finalmente consegui ida e volta saindo do Rio para Miami (GIG-BOG-MIA), com ida no dia 23/01 e retorno dia 31/01. A emissão para dois passageiros (eu e minha filha) custou 200.000 milhas no programa Miles&Go e R$ 522,00 em taxas.

Nesta emissão, no voo de ida, a primeira perna (GIG-BOG) seria em um A320 e a segunda (BOG-MIA) seria em um 787. O A320 possui uma executiva que não considero tão boa, já que as poltronas não são flat-bed, se assemelhando mais a assentos de Premium Economy de outras companhias (veja mais aqui). Mas como não havia opção, fomos felizes. A segunda perna (BOG-MIA) seria no 787 com executiva com poltronas flat-bed, pena que este voo seria o trecho mais curto da viagem. 😀

A volta seria integralmente em A320 com aquela “executiva” Premium Economy em um voo diurno.

Minha ideia era passar em Miami para recolher os itens que comprei na Black Friday, ir para outro país curtir uma praia com a filhota e depois retornar a Miami para pegar o voo com destino final ao Brasil.

Emissão de trechos com milhas Smiles

Verificando as opções de destino a partir de Miami, encontrei disponibilidade na American Airlines para Punta Cana, emitindo pela Smiles, com ida dia 25/01 em Classe Executiva por 62.000 milhas Smiles e R$908,72 de taxas para duas pessoas (a taxa de embarque para a República Dominicana é realmente cara).

Já que estava na Smiles, resolvi verificar disponibilidade PUJ-GRU com a GOL e achei PUJ-GRU-CNF (meu destino final era CNF) por 132.800 milhas e R$990,24 de taxas em econômica.

Sim, eu sei que estaria trocando business por econômica, mas considerando que a volta pela Avianca seria 100% em A320 com aquela “executiva” estilo Premium Economy, achei que valeria a pena retornar diretamente ao Brasil ao invés de fazer PUJ-MIA-BOG-GIG, especialmente porque quanto menor tempo passássemos em viagem, menor seria o risco de pegarmos COVID, já que minha filha iria tomar a 2ª dose da vacina recentemente e não estaria ainda com a imunização máxima. No final das contas, troquei uma viagem PUJ-MIA-BOG-GIG-CNF e, voo diurno por PUJ-GRU-CNF em voo noturno. Achei que foi um bom negócio dada as circunstâncias.

Então o leitor pode questionar: Mas e a volta pela Avianca?

Para cancelar o trecho e ter as milhas de volta eu teria que pagar EUR 120,00 por passageiro. Porém, se o voo tivesse alteração de horário eu poderia cancelar sem custos por isso mantive a passagem até “os 45 minutos do segundo tempo”.

Não. Não tive essa sorte. Logo, no dia 30/01 eu liguei para o Miles&Go e pedi a suspensão do trecho. Essa suspensão na prática cancela a passagem e me permite remarcar o mesmo trecho em até 1 ano (a contar do dia da emissão) pagando USD 62,00 por passageiro, com a opção de pagar os EUR 120,00 também por passageiro para ter as milhas de volta neste período.

As duas passagens estão suspensas e caso eu resolva voltar em MIA neste ano, poderei remarcá-las. Se não retornar vou pagar a taxa para ter as milhas de volta, o que vale a pena, especialmente agora que a TAP diminuiu a frequência e a generosidade das promoções de transferência bonificadas.

Gasto total com aéreo

Por fim, quanto ao transporte aéreo tive os seguintes gastos:


* = trecho não utilizável (reembolsável com pagamento de taxa)

Total que foi utilizado por passageiro (sem contar o trecho que suspendi):

  • Total de milhas Miles&Go: 50.000
  • Total de milhas Smiles: 97.400
  • Total em reais: R$1.079,98

Achei a emissão da Smiles muito vantajosa, especialmente por voarmos pela primeira vez na Executiva da American no trecho MIA-PUJ e pela volta direto ao Brasil em voo noturno. A única coisa que me surpreendeu negativamente é que a GOL utiliza o terminal A do aeroporto de Punta Cana, então não consegui acessar aquele lounge com piscina que o Fabio nos mostrou aqui.

O lounge do terminal A é muito pequeno e com pouquíssimas opções de alimentação.

A hospedagem com pontos Reward do ALL

Em Punta Cana já tinha hotel reservado por indicação de um amigo, mas em Miami faltava escolher a hospedagem para as duas diárias que ficaríamos na cidade.

Também graças ao PP desde 2020 comecei a transferir pontos para o programa ALL da Accor.

Minha estratégia foi utilizar minhas milhas Smiles e pontos da Azul para transferir para o ALL quando acontecia promoções. Com isso, consegui acumular uma quantidade mais do que suficiente de pontos para esta viagem.

Reservei entre os dias 23/01 e 25/01 o Berkeley Park MGallery Hotel Collection em Miami Beach. Pelo site da ALL achei disponibilidade pelo valor de USD 336.96 + USD 120,13 de impostos:

O valor da hospedagem paguei utilizando 14.000 pontos ALL e USD 23.19 em meu cartão. Ficou um valor remanescente de USD 120,13 referente aos impostos que deveria pagar no check-out.

O hotel é muito bem localizado, mas o restaurante não estava aberto e o café da manhã era muito ruim, com poucas opções devido a COVID (considero que não valeu a pena pagar a diária com o café).

No check-out paguei o valor remanescente também utilizando pontos ALL. Foram 6.000 pontos + USD 7,00.

Mesmo com o dólar nas alturas, a utilização de pontos para pagar o hotel e as passagens fez a viagem valer a pena financeiramente, especialmente porque os itens que comprei na Black Friday saíram com um desconto realmente significante.

Aluguel de carro

O último detalhe é quanto ao carro alugado.

Também graças ao PP eu consegui status President’s Circle no programa da Hertz.

Resumidamente, este status te permite alugar na categoria standard e utilizar modelos de categorias superiores (mais informações aqui).

No aeroporto de Miami o atendimento para clientes President’s Circle é sensacional. Basta você pegar o monotrilho até o centro de aluguel de carros, ir ao 3º andar que seu nome estará no painel dos clientes President’s Circle e já fazem todo o processo ali. Nem precisa passar no balcão.

E lá fui eu e minha filha. Quando chegamos vimos uma Mercedes conversível linda, porém… Meu nome não estava no painel. Somente tem os benefícios do programa de fidelidade quem aluga diretamente pelo site da Hertz (conforme o post acima mencionado diz claramente), o que não foi meu caso. Eu aluguei pela hotwire, que estava mais barato para o tipo de carro que eu queria e mesmo no balcão, não consegui os benefícios.

Por fim, fica um alerta: em Miami Beach você pode estacionar na rua, nos estacionamentos públicos ou nos privados. Todos são caríssimos. Na rua você paga 3 dólares por hora. Nos estacionamentos públicos (o que usei ficava em uma praça) era 2.20 dólares por hora. Só é liberado das 3 da madrugada até as 7 da manhã.

Ainda assim valeu a pena porque nos dois dias que ficamos na cidade, tínhamos que ir em Boca Raton, no Sawgrass Mall e no Dolphin Mall, trajeto que se fizéssemos de Uber não ficaria barato.

Não sei exatamente como fiscalizam o estacionamento, mas ouvi dizer que é bom não arriscar ficar sem pagar. Você pode pagar pelos totens que ficam próximos ou pelo aplicativo Park-mobile. Porém, o aplicativo não está disponível na app store da apple para contas do Brasil, então você precisa de ter ou criar uma conta com endereço dos EUA para conseguir baixar.

Agradeço mais uma vez o PP por toda ajuda e generosidade em nos ensinar a viajar melhor e mais barato e espero que este relato também colabore um pouco com os demais leitores do PP.

Leonardo


Comentário 

Obrigado por compartilhar este relato conosco, Leonardo!

Sobre a emissão, vale destacar todo o seu planejamento e dedicação que, sem dúvidas, contribuíram muito para garantir essa viagem, especialmente em uma época tão concorrida como janeiro!

As dicas sobre o uso dos pontos Reward em hospedagens também são valiosas, mostrando como é possível economizar muito em viagens futuras nos hotéis da rede Accor. Por fim, vale reforçar o alerta para quem tem status na Hertz e deseja usufruir do Ultimate Choice, relembrando que a reserva tem que ser feita diretamente no site da locadora para ter acesso a esse benefício.

Esperamos que tenha aproveitado muito as férias com a sua filha!


☞ confira os últimos relatos publicados:

Se você quer ter sua história aqui, siga as instruções deste post.

Conta Americana
Conta Americana
Ganhe US$ 15 ao abrir sua Conta Americana da Nomad!
Clube de Milhas
Clube de Milhas
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Ver todos os cupons

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.